Universidad Complutense de Madrid
E-Prints Complutense

Um método de indexação automática baseada em ontologia

Impacto

Descargas

Último año



Pickler Nicolino, Maria Elisa Valentim y Pansani Junior, Eder Antonio y Ferneda, Edberto (2015) Um método de indexação automática baseada em ontologia. In Desafíos y oportunidades de las Ciencias de la Información y la Documentación en la era digital: actas del VII Encuentro Ibérico EDICIC 2015 (Madrid, 16 y 17 de noviembre de 2015). Universidad Complutense de Madrid, Madrid. ISBN 978-84-608-3330-7

[img]
Vista previa
PDF
1MB

URL Oficial: http://edicic2015.org.es/



Resumen

O processo de indexação tem como objetivo representar resumidamente o conteúdo informacional de documentos por meio de um conjunto de termos. Com o surgimento da Web, as pesquisas em indexação automática receberam grande impulso, tendo em vista a necessidade recuperação desse imenso acervo documental. As linguagens de indexação tradicionais, utilizadas para traduzir o conteúdo temático de documentos de forma padronizada, sempre se mostraram eficientes na indexação manual. As ontologias abrem novas perspectivas para as pesquisas em indexação automática, pois oferecem uma estrutura conceitual e terminológica restrita a um determinado domínio, representada com linguagens processáveis por computador. O uso de ontologias no processo de indexação automática permite agregar a esse processo uma terminologia de um domínio específico e uma estrutura lógica e conceitual que pode ser utilizada para realizar inferências, permitindo uma expansão dos termos diretamente extraídos do texto do documento. Este trabalho apresenta um método para a construção e a utilização de ontologias no processo de indexação automática. A partir dos resultados apresentados, pode-se conclui-se que a utilização de ontologias no processo de indexação permite não só agregar novos recursos ao processo de indexação, mas também permite pensar em novas e avançadas funcionalidades em um sistema de recuperação de informação.

Resumen (otros idiomas)

The indexing process aims to represent synthetically the informational content of documents by a set of terms whose meanings indicate the themes or subjects treated by them. With the emergence of the Web, research in automatic indexing received major boost with the necessity of retrieving documents from this huge collection. The traditional indexing languages, used to translate the thematic content of documents in standardized terms, always proved efficient in manual indexing. Ontologies open new perspectives for research in automatic indexing, offering a computer-processable language restricted to a particular domain. The use of ontologies in the automatic indexing process allows using a specific domain language and a logical and conceptual framework to make inferences, and whose relations allow an expansion of the terms extracted directly from the text of the document. This paper presents techniques for the construction and use of ontologies in the automatic indexing process. We conclude that the use of ontologies in the indexing process allows to add not only new feature to the indexing process, but also allows us to think in new and advanced features in an information retrieval system.

Tipo de documento:Sección de libro
Palabras clave:Indexação Automática; Ontologia; Linguagem de indexação; SPQRQL.
Palabras clave (otros idiomas):Automatic Indexing; Ontology; Indexing Language; SPARQL.
Materias:Ciencias Sociales > Biblioteconomía y Documentación > Documentación
Código ID:34552
Depositado:08 Ene 2016 09:21
Última Modificación:08 Ene 2016 09:21

Descargas en el último año

Sólo personal del repositorio: página de control del artículo