Universidad Complutense de Madrid
E-Prints Complutense

O papel das definições como subsídios a elaboração de Ontologias de Domínios: a perspectiva onomasiológica

Impacto

Descargas

Último año



Campos, Maria Luiza de Almeida y Gomes, Hagar Espanha (2015) O papel das definições como subsídios a elaboração de Ontologias de Domínios: a perspectiva onomasiológica. In Desafíos y oportunidades de las Ciencias de la Información y la Documentación en la era digital: actas del VII Encuentro Ibérico EDICIC 2015 (Madrid, 16 y 17 de noviembre de 2015). Universidad Complutense de Madrid, Madrid. ISBN 978-84-608-3330-7

[img]
Vista previa
PDF
351kB

URL Oficial: http://edicic2015.org.es/



Resumen

Investiga-se o uso que se pode fazer das definições como um elemento fundamental para a elaboração de modelos conceituais consistentes em ontologias de domínios. Apesar dos estudos já bastante avançados sobre ontologias na Ciência da Computação, Inteligência Artificial e Engenharia do Conhecimento, ainda são escassos trabalhos que abordem os aspectos semânticos utilizados na elaboração de um modelo conceitual de domínio em ontologias. Por conseqüência, as ferramentas semânticas têm pouco a contribuir no sentido de orientação do usuário no processo de construção da ontologia, assim como em diretivas para a construção de ontologias de qualidade. De forma geral, as propostas metodológicas pressupõem a existência ou mesmo a captura de uma estrutura de conceitos já existentes, sugerindo a partir desta estrutura critérios para verificar a explicitação de propriedades e relações entre os conceitos: não se verifica a discussão de quais seriam os elementos básicos que devem ser tomados como ponto de partida para a elaboração de um modelo conceitual em uma Ontologia de Domínio. Partindo da abordagem onomasiológica, consideramos ser possível a identificação de elementos para a formação de um sistema de conceitos a partir da análise conceitual das definições coletadas. Pretende-se assim, explorar as definições, não como produto final da fixação do conceito em um domínio, mas como elemento primeiro visando à estruturação do conceito no interior de um domínio. Consideramos que esta perspectiva recupera o significado original do termo Ontologia, ou seja, a representação do “ser no mundo”.

Resumen (otros idiomas)

Use of definitions as a fundamental issue in constructing consistent conceptual models in domain ontologies is investigated. Although studies on ontologies in Computer Science, Artificial Intelligence and Knowledge Engineering have advanced, those on methodological issues related to semantic aspects for conceptual modeling in domain ontologies are seldom tackled. As a consequence, existing tools have little to offer as a guide to users not only when constructing ontologies, as well as when constructing ones with quality. In general, methodological proposals presuppose the existance or even the capture of existing conceptual structures; from these, criteria are suggested in order to verify explicit properties and relations among concepts: there are no discussions on key elements as starting point for conceptual modeling on domain ontologies. The onomasiological approach suggests that from a conceptual analysis of collected definitions it is possible to identify elements for the construction of a concept system. So, definitions are explored, not as a final product for fixing a concept in a domain, but as a first step aiming at its fixing. It is considered that this approach retrieves the original meaning of the term Ontology, i. e., the representation of ‘Being in the world’.

Tipo de documento:Sección de libro
Palabras clave:Ontologia de domínio; definição; abordagem onomasiológica.
Palabras clave (otros idiomas):Domain ontologies; Definitions, Onomasiological approach.
Materias:Ciencias Sociales > Biblioteconomía y Documentación > Documentación
Código ID:34555
Depositado:08 Ene 2016 09:00
Última Modificación:08 Ene 2016 09:00

Descargas en el último año

Sólo personal del repositorio: página de control del artículo